Eu amo São Paulo! Desde a primeira vez senti algo diferente pela Terra da Garoa e todas as piadinhas que eu fazia com a cidade foram por água abaixo. Muita gente não entende que eu fui até capaz de passar férias por lá. (minhas amigas pauliXXtas dizem que sou doida rsrs). E dá para questionar o amor?

Tive a oportunidade de visitar a cidade recentemente e voltei empolgada. Ficamos 3 dias por lá. Na verdade eu fiquei 3 dias e o marido ficou 6 por conta do Congresso Wedding Select, e não poderíamos começar melhor. Fomos direto conhecer o Eataly (um “mercado” de produtos italianos que está presente em cinco países do mundo). É simplesmente maravilhoso. E apesar de estar sempre lotado e os preços não serem muito atrativos, eu poderia passar um dia inteiro por lá.

A gente foi em uma sexta (feriado prolongado na cidade) e acho que isso nos ajudou a não enfrentar a famosa fila e o tumulto que normalmente são maiores por lá. Nosso amigo Rafa foi com a gente e nos ajudou com algumas dicas fundamentais para não fazer o programa virar uma furada.

Assim que chegamos colocamos nossos nomes em dois restaurantes que queríamos conhecer. Quando chegou a nossa vez uma mensagem foi enviada por SMS. Dessa forma, conseguimos olhar tudo com calma sem ficar preocupados de perder nossa vez. Deu tempo de fazer tudo e até curtir o bar que fica no último andar.

1

Pedimos uma linguiça de Javali. Maravilhosa!

2

Comecei bem com um Aperol Spritz.

3

Enquanto isso os meninos foram de cerveja.

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

16

15

14

17

Não deu (não quis!) pra resistir ao crepe de Nutella!

No começo da tarde nossa amiga Michele , que estava trabalhando, mulher do Rafa conseguiu se juntar ao nosso grupo e fomos a um barzinho perto de onde eles moram, o Pracinha. Aliás, o bairro é um amor.

Captura de Tela 2015-07-26 às 23.08.10

Cafezinho pra tirar o sono, digo esquentar!

DSC_1460

Eu e Mi

18

Fred foi com a gente passear

Terminando o dia fomos ao Veloso (bar famoso pela coxinha de frango e suas caipirinhas). Nossas amigas, Joice e Ju, tentaram nos levar da outra vez que visitamos a cidade, mas o local esta sempre LOTADO. Não foi diferente dessa vez, mas conseguimos com muito esforço uma mesinha para apoiar os copos e o pratinho das coxinhas. Vale enfrentar a fila, pedir a coxinha e a caipirinhas, mas não dá pra ficar a noite inteira sem sentar (ai a idade!) Pra resolver o problema da idade, quer dizer das cadeiras, fechamos a noite no Paróquia.

19

Caipirinha de frutas vermelhas com saquê, incrível!

20
21

Amigos e bate papo. <3

Author

2 Comments

  1. Joice Lima Reply

    Que delícia receber vocês. Estaremos sempre de braços abertos. Um beijo enorme

Write A Comment

Pin It