Category

Atualidade

Category

Há 5 anos eu escrevia meu primeiro post. O blog se transformou no lugar onde eu mais me reconheço e que me acolhe em todos os meus momentos.

Aqui divido minhas alegrias e crises. Me sinto em casa e sendo honesta comigo mesma em todas as minhas fases.

Vivo um momento de inquietações e com muitos problemas pra encarar, mas sinto que colocar meus sentimentos aqui me ajuda de alguma forma a seguir.

Separei 5 momentos do blog que marcaram minha vida e que espero rever daqui a há 5 anos e achar incrível todo esse processo.

1: Quando falei da minha crise de pânico abertamente

Quando decidi falar sobre o tema meu coração ficou disparado. Após anos de terapia eu finalmente estava digerindo o assunto. Poder falar dele abertamente era praticamente como um sinal de “cura”. Não é nada tranquilo encarar nossos fantasmas e traumas. Falar disso sem filtros me fez notar que eu estava me fortalecendo cada vez mais.

2: Meu corte de cabelo

Eu fiquei um ano com o cabelo preso para passar pela tal transição capilar. Foram muitos momentos de: o que eu estou fazendo? E ao mesmo tempo uma fase que me vi arrancando todos os padrões que me enfiaram goela abaixo. Fiz uma escolha que eu nem sabia que poderia fazer. Que coisa de doido, né?!

Eu finalmente estava fazendo uma escolha e não era apenas sobre um corte de cabelo! <3

3:O post: negros também casam

Antes do InspiraTerapia eu tinha uma blog de casamento (quem lembra do: Nossa História?). Ele foi muito importante na época que eu e o Edson estávamos planejando nosso casamento. Na época, meio que sem querer, a gente queria se inspirar em casais negros pra ter nossa identidade e era quase impossível encontrar inspirações por aqui. Até hoje (quase 10 anos depois) pessoas falam com a gente que nosso casamento foi inspirador nesse sentido.

Esse post, Negros também casam, foi muito especial. De certa maneira, passar por algumas situações e tirar delas o melhor que a gente pode faz tudo fazer sentido.

4: Meu primeiro vídeo no YouTube

Pra quem queria ser atriz e se tornou jornalista, ter vergonha de se expor é no mínimo algo controverso. Rs

Mas o medo do que o outro vai pensar sobre mim sempre me perseguiu. Por outro lado eu sempre encarei meus medos mais absurdos. E colocar minha cara no Youtube foi desafiar esse medo. E entre erros e acertos sigo por lá.

5: Minha primeira viagem internacional sozinha 

Até agora nem acredito que fui capaz de realizar isso! Eu sei que pra muita gente é algo banal.

Gente, a menina da Colônia/Curicica chegou mais uma vez . E se antes era difícil entender que preciso comemorar meus feitos, agora eu sei e faço com gosto. E se eu pudesse falar pra você que chegou até aqui uma coisa do fundo do meu coração seria: não diminua seus feitos, seus processos. Só você sabe dos tombos, das dores, das lágrimas e as moedinhas que juntou no perrengue pra realizar algo que pra você é importante.

Pin It