Quando eu nomeei minha dog-filha de Blair, a última coisa que passou pela minha mente foi a Bruxa de Blair. Filme que eu odiei, por sinal. Blair é Blair por conta da Blair Waldorf, personagem normalmente não compreendida no seriado Gossip Girl.

Ah, ta bom, eu sei, superficial, mas eu gosto de coisas menininha, especialmente quando eu estou relaxando e vendo tv, não quero nada pesado ou cult demais. Mas Gossip Girl é mais do que um monte de meninas lindas e bem vestidas fazendo compras. Claro, é isso também… hahaha Por sinal, eu amo as roupas, os sapatos, as joias e acessórios que Blair e Serena usam. Amaria usá-los todos ainda hoje, mais de 10 anos depois da sua estreia.

Mas eu gosto muito da Blair enquanto personagem, porque ela aparenta ser essa menina má, manipuladora e sem escrúpulos, mas isso é só fachada, pura proteção para que ninguém veja o quanto é insegura. A verdade é que eu a vejo como um produto do meio e eu simpatizo muito com sua história.

Ela foi criada com uma grande cobrança de perfeição dentro de casa e na escola, foi traída pelo namorado, pela melhor amiga, criticada pela família e depois quando se apaixona novamente, todo tipo de coisas entram no caminho.

Seu contraponto é a Serena, personagem linda e um espírito livre. Faz o que quer, quando quer e as consequências parece que nunca chegam nela, ela sempre é capaz de passar por cima de tudo e se sair bem.

Enquanto isso, Blair super se esforça, estuda, cria esquemas para conseguir o que quer e acaba sofrendo todo tipo de sequelas. Ao mesmo tempo ela é fiel aos amigos, quer uma relação estável e ser aceita pela mãe. O que eu diria que são boas qualidades e objetivos também.

Ou seja, mesmo no upper east side o mundo não é dos mais justos.

Além de todas as características que eu enumerei, ela é linda e seus figurinos, para mim, são os melhores sempre!

Portanto, a minha Blair não é bruxa, é a minha própria Queen B.

Instagram: @lanna_schmitz

Pin It