Quanto tempo leva pra gente encontrar nosso eixo?

Isso existe?

São muitas perguntas que eu faço diariamente. Algumas eu já sei a resposta. Outras talvez eu nunca encontre.

Eu vivo repetindo que anda tudo bagunçado por aqui. Mas quem sabe essa bagunça não seja exatamente aquilo que eu preciso para essa temporada.

Aprendi a aceitar o caos, o inesperado. Eu fico até conseguir me levantar.

Mas eu sempre levanto!

Ontem na terapia eu vi o quanto tenho coragem para encarar as minhas questões. Não que isso me faça ser uma pessoa incrível, mas eu me orgulho tanto de conseguir acessar minhas feridas e a partir disso decidir o próximo passo.

Afinal,  a gente vai estar sempre em construção. O que importa mesmo é como a gente encara o processo.

Pin It