Category

Decoração

Category

Olá!

Estou de volta essa semana para falar um pouco de decoração, um dos meus temas favoritos!

Decorar apartamento alugado é sempre difícil, porque por mais que a gente queira colocar coisas boas (e muitas vezes dinheiro nem é uma questão aqui), não vale a pena investir em um imóvel no qual não ficaremos muito tempo.

Primeira coisa, se você pretende morar no lugar por mais de 5 anos, vá em frente, faça algumas intervenções menores e invista em móveis e acessórios.

Foi o que eu fiz no meu flat alugado no Rio, quando eu me separei. Fiz cimento queimado na parede da sala (eu e um amigo colocamos a mão na massa! Se quiser saber mais sobre como fazer isso, comenta aí!), furei a parede para colocar quadros, furei de novo para colocar as cortinas no lugar, coloquei adesivos de azulejos na cozinha, instalei luminárias pendentes sobre a mesa da sala, troquei todas as lâmpadas por led. Enfim, eu pensei que fosse morar lá bastante tempo.

Mas… como a vida surpreende a gente, meus planos mudaram e dois anos depois eu tive que reverter tudo ao original para devolver o apartamento, com dor no coração ao fechar a porta com tudo vazio e branco atrás de mim.

Chegando aqui na Inglaterra, o meu apartamento é um flat alugado também. Um pouco menor que o meu do Rio, mas com uma configuração diferente; a divisão que tem no apartamento é só para a cozinha e para o banheiro, então quarto e sala são integrados.

E aqui tem mais algumas questões:

Meu contrato é de um ano, eu posso renovar se eu quiser, mas eles não fazem contrato superior a isso.

Outra situação é que ele já vem mobiliado; cozinha com armários, um armário de 3 portas, uma bancada de estudo (grande até, com gaveteiro), cama, sofá e umas prateleiras para livros.

E antes de você pensar “mas pode trocar, acrescentar, bla bla, bla”, quero dizer que tem uma cláusula no contrato que diz que eu não posso redecorar o apartamento, sob pena de multa (e tem uma lista de 3 páginas com o valor de multa para cada coisa que eu mexer. JU-RO). E aqui eles fazem vistoria e ficam com a chave reserva do imóvel, podendo entrar a qualquer momento, desde que me deem um aviso com 24 horas de antecedência.

Chatinhos, não?

Então a parte de colar adesivos na parede, mudar o sofá de lugar, a cama de posição, trocar cortinas, nada pode acontecer!

E sobre acrescentar, tem algumas coisas que eu posso, mas outras eu sou obrigada a comunicar, como por exemplo para ter outra cadeira ou uma poltrona.

Bota chatinho nisso…

Então meu plano é usar acessórios para melhorar o visual da casa e fazer ter mais minha cara. Sobre a parte do acréscimo, tem umas coisinhas que eu vou colocar sim. Por exemplo, já herdei uma cômoda com gavetas que preciso dar um jeito de trazer de Londres para cá, porque para mim super faz falta mais gavetas. Também quero um cabideiro, que era algo que eu não usava antes, mas aqui por causa dos casacos se tornou uma necessidade. Uma mesinha lateral para o meu sofá também está nos planos, porque a gente senta e tem que ter onde apoiar o copo, pelo menos. Um banquinho para colocar os pés quando estiver no sofá e também para ajudar a mexer nas partes altas dos armários e, por último, uma estante menor, para compor a verticalidade do espaço, já que aqui o teto é bem alto e eu não tenho nenhum elemento vertical. Ah, e eu já coloquei uma estante no banheiro, porque não tem bancada, então super necessário, já que eu amo coisas organizadas (pelo menos, teoricamente organizadas, na prática, nem sempre…).

Infelizmente ainda não consegui fazer nem metade do que eu queria, mas aos poucos vou ajeitando as coisas.

Então vamos à minha lista de acessórios de desejo:

  • Amo! A ideia é trocar os estilos conforme muda o nosso gosto e, por aqui, as estações do ano também, afinal, no inverno a gente quer tecidos mais quentinhos e confortáveis e no verão mais fresquinhos para a gente não grudar no sofá. Eu coloquei algumas, mas ainda não estou na minha versão final.
  • Manta de sofá – aqui tem muita manta, o que eu estou amando! Eu sempre curti e tinha no Rio, mas aqui é mais barato e tem mais opção. Então, por enquanto eu estou com o sofá com a manta cinza só como detalhe, mas quero cobrir o sofá todo com uma manta mais clara e colocar outra para coberta colorida.
  • Tapetes – Claro que nos meus planos eu colocaria um tapete fofo de lã natural no sofá, um quentinho para sair da cama em algodão, uma passadeira linda na cozinha, um tapete de chenile no banheiro e um mat bonitinho na porta de entrada. Quanto disso aconteceu? ZERO!!

Então o que rolou foi que o tapete de lã da sala estava mais caro do que eu imaginava, então achei um genérico por 1/5 do preço, mas sintético, claro. Apesar disso, acho que deu um visual bem legal no ambiente.

Na saída da cama ficou um de pele fake que eu ainda estou na dúvida se vai ficar ali ou não.

O do banheiro não tinha o chenile que eu queria, então foi o que tinha na cor certa mesmo.

O da cozinha eu não achei passadeira com preço decente, todas eram o valor de um tapete grande para a sala, então decidi colocar um menor de pêlo curto, tipo de banheiro até, mas achei o resultado legal.

E a porta de entrada ainda está pelada…

  • Quadros – Eu trouxe alguns meus. Pois é, eu trouxe na mala sim! Por isso minhas malas ficaram pesadas. Haha Mas acho importante termos um pouco da nossa identidade. Ainda trouxe algumas gravuras para emoldurar que eu comprei em viagens anteriores, então ainda vou adicionar algumas coisas.
  • Cestos – eu amo cestos e estou para comprar alguns para ficar de cesto de roupa suja e também para decorar. Quando usamos fibras na decoração, o ambiente fica mais cheio e mais “quente”, ou seja, mais acolhedor.
  • Plantas – ainda não tem nenhuma aqui em casa, estou esperando comprar a mesa lateral para decidir se coloco uma grande no pé da mesa ou uma pequena sobre ela, mas são uma boa adição porque dão aconchego ao seu lar.
  • Porta-retratos e objetos pessoais – Eu comprei aqui um porta-retrato para colocar foto com mamãe e irmã, assim a família fica mais pertinho. E trouxe um do Brasil que eu ganhei de uma amiga querida, que tem foto da Blair e a patinha dela emoldurada. Deu um trabalho danado conseguir fazer a bichinha colocar a pata na argila, mas valeu a pena e eu olho para ela todos os dias. Os outros objetos na minha estante eu trouxe de viagens anteriores e não quis deixar para trás quando eu me mudei. E espero acrescentar mais alguns com o tempo. Essa maçã da foto é a última adição, comprada em Salzburgo em setembro desse ano (2018).

E fica uma dica que eu sempre dou aos meus clientes: quando for comprar lembranças de viagens, nada de miniaturas que cabem na palma da mão! Elas são fofas, mas não fazem presença quando colocamos na estante, além de criarem uma sensação de bagunça em casa. Busquem objetos do tamanho de um palmo aberto ou superior. Eu entendo que é mais difícil de transportar, mas fica melhor quando colocamos em casa.

Aos poucos eu vou mostrando as novidades para vocês aqui de casa, mas por enquanto está assim. Espero que gostem!

Olha meu tapete genérico como ficou legal! Meu banquinho chegou hoje, já posando pra foto, e o legal é que ele também é bauzinho, o tampo sai, o que é ótimo para apartamento pequeno.
Repare nos pompons da manta. Muito amor!
Fotinho das meninas no porta retrato TkMaxx que custou 7 libras.
Porta-retrato com a Blair da Imaginarium e minha maçã da branca de neve vinda de Salzburgo.
Meus quadros trazidos da semana de arte da EBA (UFRJ).
Almofadas da Primark, 2 por 6 libras. A pequena de pompom (ela é mais esverdeada, mas acho que nem da para ver direito na foto) foi 5 libras só ela, mas é fofa!
Essa caneca combina com meu conjunto de pratos, todos da M&S. O caderno é da Ale Hop, eu trouxe da Espanha, também foi baratinho! Aliás, fica a dica de viagem para coisas fofas, essa loja tem Espanha e Portugal, tem uma escultura de vaca tamanho original na porta de entrada, fácil de achar, vale entrar!
Pin It