No post passado eu falei do meu trabalho de longo prazo e minha relação com a academia.

Mas eu posso dizer que parte dessa minha mudança de atitude com relação a malhação (de ir obrigada a ir com prazer), se deu porque a academia serve para mim como um local onde eu penso… e muito!

Eu não sou de ficar fazendo social, hoje em dia, frequentando praticamente todos os dias eu até passei a conhecer mais pessoas e parar para conversar eventualmente, mas de um modo geral eu fico imersa nos meus pensamentos.

Eu não sou fã de exercícios aeróbicos e de alta intensidade. Acho importante a gente reconhecer o que gosta e o que não gosta e eu descobri que pra mim, HIIT, Crossfit e outros de alta intensidade não funcionam, me deixam irritada e com vontade de parar. Então por que forçar?

Por conta disso, para que eu pudesse fazer um pouco mais de esteira ou transport, eu passei a adotar o Netflix como companheiro. Eu colocava o seriado no celular, fone no ouvido e ficava lá andando sem chegar a lugar nenhum. Haha

Na verdade, funcionou por um tempo, até que eu esgotei os seriados mais envolventes.

Foi então que eu resolvi experimentar a máquina de remo. Eu nunca tinha feito, mas pensei “não vai dar certo”, porque no remo você trabalha com braços e pernas ao mesmo tempo e não consegue assistir nada, usar a internet, ou whatsapp, ou seja, sem distrações. Mas eu preciso de alguma coisa que ocupe a mente, então resolvi testar os podcasts.

Meus amigos já ouviam faz tempo mas eu nunca me interessei. Então, resolvi dar uma chance e busquei alguns sobre business, empreendedorismo e lifestyle.

E não é que funcionou?

Comecei fazendo 10 minutos de remo, quando vi já estava fechando meia hora tranquilamente!

E com o bônus de durante o processo estar aprendendo e evoluindo minhas habilidades empreendedoras, ou simplesmente relaxando e ouvindo a previsão astrológica da semana.

Quando eu termino o aeróbico e começo o trabalho no salão, aí é que as ideias fluem, pois eu fico desenvolvendo na minha mente tudo que eu ouvi.

Nos últimos 6 meses eu já montei uns 10 novos negócios, só na academia!

Calma, algumas ideias funcionam, outras não, depois eu amadureço e confesso que tem umas que já estão em andamento para um futuro breve, outras engavetadas. Mas acho impressionante o quanto ouvir informações úteis durante o exercício me estimula!

Se você quiser tentar, segue aqui a lista de podcasts que eu assino e gosto bastante:

Confessions of a Girl Boss

Self Service

Girlboss Radio

Package your Genius

Simply Designed Life – Business and Lifestyle

She Reaches

Death, Sex & Money

Ted Talks Daily

Pois é, estão todos em inglês, mas eu acho ótimo para treinar e fiquei surpresa com o quanto eu consegui entender e desenvolver também minha capacidade auditiva. Ou seja, mais um bônus.

Bjk

Instagram: @lanna_schmitz

 

 

Lanna.London
Author

Lanna Schmitz Em algum lugar da faixa dos 30, escorpiana, viajante, carente e eterna mutante.

Write A Comment

Pin It