Category

Empoderamento

Category

Acho que esse será o post mais livre que farei desde que criei o InspiraTerapia. Portanto, não julguem uma ideia se juntando a outra, e a outra, e a outra…

Pra quem está chegando por aqui agora, comentei algumas vezes que tive/tenho síndrome do pânico. Com a terapia e o autoconhecimento ela tem sido cada vez mais “leve”, se é que podemos usar esse termo.

O fato é que se alguém me perguntasse se me imaginaria tendo esse tipo de problema eu jamais iria acertar. Arriscaria falar muita coisa, mas certamente descartaria o pânico. E estamos falando de alguém que tem medo de tudo quando o assunto é a saúde. Toda vez que tenho contato com o tema, minha cabeça entra em parafusos. Acho que o medo exagerado é uma característica de alguém que conviveu por anos com a tortura psicológica.

Mas o que eu queria explicar pontuando a síndrome do pânico é que para alguém que convive com ela, tomar qualquer decisão pesa toneladas. E apesar disso, entendi que essa força para encarar meus medos sem pestanejar, eu encontrei dentro de mim.

Nos últimos anos eu me tornei muitas coisas. Mais livre, mais feliz, mais segura. Travei batalhas contra muitos fantasmas. Alguns tirados da minha cabeça e outros bem reais. E toda vez que eu me sinto acuada e sem rumo ,uma imagem minha quando criança vinha clara e direta: a resposta está dentro de você.

Diante disso, notei que sempre que eu passo por alguma situação que me deixa emocionalmente pra baixo, pensar nessa imagem me acalma. É como se ela me falasse que vai passar, que eu sei o caminho que preciso percorrer.

Nos últimos meses, parece que vivi 5 anos. rs Se não é fácil tomar decisões e saber se estamos fazendo o certo, olhar pra dentro sempre te fará ter as melhores respostas.

 

 

Pin It